segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Angelical...


Uma opção diferente para almoço por quilo na grande São Paulo é na rua Augusta! Chama-se Cozinha dos Anjos! O restaurante é todo decorado com cores leves e um desenho de céu nas paredes! A comida é muito boa, sempre com pratos exóticos e variadas. Sempre há um risotto delicioso, uma carne bem temperada... hum... Muitas folhas, cuscuz, tomates, palmitos generosos, carpaccio de frutas, diversos molhos, mini pastel, frutos do mar... E AS SOBREMESAS!!! Nham nham... Tudo de bom! O bolo de brigadeiro crocante é fantástico! E eu, bem gulosa, adoro colocar por cima o brigadeiro de colher... rs. Sem dúvida a melhor opção de comida por quilo!


Cozinha dos Anjos
Rua Augusta 2963 - Jardins
Fones: (11) 3081-2687/2695
Seg à Sex 11:30 até 15:30
Sáb 12:00 às 16:00
Dom 12:30 às 17:00

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Escondidinho de Banana!!!


ADOROOOO...


Ingredientes:

-10 bananas

-1 lata de creme de leite

-3 ovos

-1 lata de leite condensado

-açúcar

-cravo (opcional)

Modo de Preparo:

Primeiro descasque as bananas, e corte-as em rodelas.

Depois leve ao fogo com açucar, até caramelizar.

Logo, separe os ovos (claras e gemas). Com as claras, bata até que fique em neve, depois acrescente o creme de leite.

Depois coloque o leite condesado no fogo e adicone as gemas.

Depois que tudo estiver pronto, coloque num recipiente de vidro, a primeira camada com o leite condensado e as gemas, depois as bananas em calda, e por ultimo as claras em neve com creme de leite.

Leve ao freezer ou congelador por uns 40 minutos. Na hora de servir, use um maçarico para dourar a cobertura, e salpique casquinhas de limão.

domingo, 26 de julho de 2009

Geléia de Morango


Hummm... Adoro geléia feita em casa! Na verdade, não sei se prefiro fazer ou comer! rs... Bom, o melhor mesmo é aproveitar a época do morango para guardar na geladeira esta frutinha pelo resto do ano. Peguei esta receita super simples no site Panelinha, e lógico, já fiz hoje! Ficou maravilhosa! E é realmente muito fácil de fazer. Aproveite!


Geléia de Morango

Ingredientes

450 g de morangos
1 xícara (chá) de açúcar

suco de 1/2 limão

Modo de Preparo

1. Lave muito bem os morangos sob água corrente e retire as folhas. Numa tigela, deixe-os de molho por 10 minutos. Em seguida, retire os morangos sem escorrer a água, com cuidado para que as "sujeirinhas" fiquem no fundo da tigela.

2. Numa panela, junte os morangos, o suco de limão e o açúcar. Leve ao fogo baixo e deixe cozinhar por cerca de 30 minutos, ou até que se forme uma calda grossa e os morangos fiquem bem macios.

3. Retire a geléia do fogo e deixe esfriar. Distribua em vidros próprios para geléia esterilizados e guarde na geladeira.

Dica do Site Panelinha

Potes de vidro podem ser reutilizados para conservas, ou mesmo geléias, feitas em casa. Mas primeiro eles devem ser muito bem esterilizados. Para isso, leve bastante água para ferver numa panela grande; coloque o vidro e sua tampa na panela e deixe ferver por no mínimo 15 minutos.

Para retirar o vidro e a tampa, utilize uma pinça de cozinha e deixe-os escorrer sobre um pano de prato limpo. Atenção: não coloque o vidro sobre nenhuma superfície muito gelada, como mármore, pois o vidro pode estourar. Só use os potes esterilizados depois que eles esfriarem totalmente.

sexta-feira, 24 de julho de 2009

Bolacha com gostinho de infância...


Sim, Negresco tem gosto de infância. Pelo menos da minha infância! Adoro a mistura de sabores daquele chocolate forte com o sutil toque de baunilha... Achei essa receitinha na net, e claro, não poderia deixar de posta-la...
Beijos, queridos leitores!


Oreo (Bolacha Negresco)

Massa:

1 1/3 xícara de chocolate em pó
1 1/2 xícara de farinha de trigo (e mais um pouquinho para abrir a massa)
1/4 colher (chá ) de sal
2 sticks de manteiga sem sal (amolecida)
2 xícaras de açúcar
2 ovos1 colher (chá) de essência de baunilha

Recheio:

1 stick de manteiga sem sal amolecida
1/2 xícara de gordura vegetal hidrogenada
3 xícaras de açúcar de confeiteiro peneirado
1 colher (chá) de essência de baunilha

Modo de preparo:

Massa:

Peneire o chocolate, a farinha e o sal numa tigela grande. Com um mixer, bata a manteiga e o acucar até virar um creme claro. Adicione os ovos (um de cada vez) e a essência de baunilha. Depois, adicione os ingredientes secos e misture bem. Divida a massa em 2. Coloque uma parte entre dois pedaços de papel manteiga levemente enfarinhado e abra a massa em um retangulo de mais ou menos 0,5 cm de altura. Repita com o resto da massa. Leve a geladeira, coberto, por mais ou menos 1 hora. Corte a massa com um cortador redondo do tamanho de bolacha. Rende mais ou menos 60 círculos. Coloque em forma não untada, com uma pequena distancia entre um e outro, e leve a geladeira por mais 20min. Pré-aqueça o forno a 180° e asse por 20min. Deixe esfriar antes de rechear.

Recheio:

Bata a manteiga e a gordura vegetal ate ficar bem fofo. Adicione o açúcar de confeiteiro e a baunilha. Faça sanduíches de bolacha com 1 colher de sopa do recheio.

E não exagere na dose! A gordura vegetal em excesso vai direto para os quadris! rs...

terça-feira, 21 de julho de 2009

Coisinhas de cozinha...

Gente! Estou apaixonada por uma loja de utensílios de cozinha que conhecí na Rua 25 de Março! Chama-se Doural, e é uma loja gigante, lotada de produtos para cozinha, que vão desde simplórios raladores até churrasqueiras chiquérrimas de inox para jardim! Tem de tudo mesmo! Qualquer um que se aventura no fogão fica enlouquecido com tantos produtos atrativos. Entre eles, uma das linhas que me chamou a atenção foi a da marca Joseph & Joseph, recém chegada no Brasil, de uma dupla de designers ingleses! É LUXO! Sem contar as máquinas de expresso, panelas de cobre profissionais, cooler, máquinas de sorvete, enfim, tudo que se imagina pra transformar a cozinha no ambiente mais divertido da casa. Ah! E o melhor! Lá, eles têm uma sessão chamada "As seen on TV" - ou seja, os utensílios que vemos nos programas de Jamie Oliver e Nigella podem ser encontrados lá! Não é o máximo?


Separei alguns produtinhos, espero que gostem!



MÁQUINA DE SORVETE

Olha que fofura! Da linha nostalgia, nem preciso falar porque...

PANELA ELÉTRICA PARA FONDUE
Porque ninguém merece aquele foguinho que queima o chocolate ou fica apagando toda hora... O termostato foi uma das melhores invensões de todos os tempos!

MÁQUINA DE ALGODÃO DOCE

Vou comprar uma dessa, para quando minha sobrinha vier em casa... rs


PIPOQUEIRA

Eu nem gosto de pipoca, mas com essa máquina fico até tentada...



JOSEPH & JOSEPH

Conjunto de medidores e bowls... ADORO!

Doural Presentes

Rua 25 de Março, 595 - Centro

Cep: 01021-200

São Paulo - SP

Fone: (11) 3328-6228

http://www.doural.com.br/

segunda-feira, 13 de julho de 2009

Esquente seu inverno...

Tem algo mais reconfortante que uma boa xícara de chocolate quente? Além de ser quase como um carinho, é gostoso e nutritivo.

Esta é minha dica para o inverno cruel:
FRIO = filme+cobertor+chocolate quente



Chocolate Quente

Ingredientes:

1 lata de creme de leite
1 lata de leite condensado
1 litro de leite
5 colheres (sopa) de chocolate em pó (ou chocolate amargo picado)
1 colher (sopa) de amido de milho
1 colher (café) de noz-moscada
2 unidades de canela em pau
6 unidades de cravo-da-índia
2 colheres (sopa) de essência de baunilha

Modo de Preparo:

Misture o leite, o leite condensado, o chocolate, o amido de milho, a noz-moscada, o cravo e a canela. Coloque no fogo e espere ferver. Retire do fogo e misture o creme de leite. Coe para retirar os pedaços de canela e o cravo. Acrescente a essência de baunilha e finito... É uma delícia!

Só para deixar um pouco mais calórico, coloque por cima bolinhas de marshmallow.

sexta-feira, 26 de junho de 2009

Maçã do amor...

As Festas Juninas me inspiraram a postar esta receitinha aqui... Adoooro maçã do amor, mas prefiro comer cortando com a faca, pelo contrário, adeus à ATM!

Essa não fica puxa-puxa...e geladinha fica uma delícia! hummm...




Ingredientes:

6 maçãs
6 palitos de sorvete


Calda:

1/2 xícara de chá de glucose de milho ( Karo ) - 150g
2 xícaras de chá açúcar - 320g
4 gotas de corante vermelho


Modo de Preparo:

Lave as maçãs e enxágüe bem.
Introduza um palito de sorvete no local do cabo.
Reserve.

Calda:

Em uma panela, coloque o açúcar e a glucose.
Leve ao fogo e deixe ferver por aproximadamente 8 minutos (não mexa mais).

Depois, junte as 4 gotas de corante.
Cozinhe por aproximadamente um minuto e desligue.
Passe pela calda as maçãs reservadas.
Coloque-as sobre uma assadeira virada ao contrário e untada com manteiga. Deixe secar.

terça-feira, 9 de junho de 2009

Dia dos Namorados...

Para desespero dos solteiros, o dia mais romântico do ano está chegando. O friozinho de junho dá ao dia dos namorados um ar de romantismo ainda mais encantador. Sorte de quem tem o privilégio de desfrutar uma noite especial acompanhada da pessoa amada, não é? Pois é... Um vinho, uma lareira, um cobertor... ai ai ai... Um fondue, luz de velas... Parei! Bom, frustrações à parte, deixo aqui minhas dicas de restaurantes para pombinhos da cidade de São Paulo curtirem o Dia dos Namorados muito bem servidos!


Era uma vez um chalezinho...


Um sonho de restaurante, chalezinho ou seja lá o que for! P E R F E I T O, super hiper romântico, aconchegante, acolhedor, lindo, maravilhoso mesmo! O clima bucólico inspira, as flores, o poço, as velas, o cheiro de mato! A casa oferece aos namorados, nos dias 11 à 14 de junho, noites especiais de Fondue e Vinho. Os pacotes são variados e os preços vão desde R$250,00 à R$500,00 o casal. As reservas devem ser feitas com antecedência pelo telefone. Que inveja dos apaixonados!

Chalezinho
Rua Itapimirum, 11 – Morumbi
Fone: (11) 3501-9322


Bendita Hora


Conheci este restaurante através da minha querida amiga Ju! Também é super romântico e a pizza é deliciosa! Aquele clima de meia-luz tem tudo a ver com o dia dos namorados, e a casa oferece até um cobertorzinho para colocar no colo enquanto jantamos... Gostoso, não é? Uma dica: Pizza de abobrinha! Perfeita! Ela é gratinada por cima, um queijo maravilhoso, a massinha é crocante... hummm... Excelente pedida!

Bendita Hora
Rua Vanderlei, 795 – Perdizes
Fone: (11) 3862-0622
e
Avenida Copacabana, 561 - 18 do Forte Empresarial (Alphaville)
Fone: (11) 4193-6336


Veridiana - Pizza, vinho, café


Chiquéeeerrima! Estive lá com minha família durante o verão... Entre no site, assim não precisarei dizer mais nada!

Veridiana
Rua José Maria Lisboa, 493 - Jardins
Fone: (11) 3559-9151

Já já venho com mais dicas!


Aos solteiros: Façam um belo brownie, de preferência a receita que eu postei no dia 3 de maio! rs...



domingo, 31 de maio de 2009

Azeite de Oliva Extra Virgem dá adeus a indesejável barriguinha

Ele evita o acúmulo da gordura visceral, combate a osteoporose, inflamações e é antioxidante



Basta um fio dourado do óleo de oliva para que aquela torrada dura e seca ganhe textura macia e sabor especial. Uma outra transformação ocorre em nosso organismo, mais precisamente no abdômen, quando consumimos o azeite: ele impede o depósito de gordura bem ali, na linha da cintura. Parece um contra-senso, já que o alimento é dos mais calóricos, pois cada grama oferece cerca de 9 calorias. Mas a descoberta é séria: o consumo de azeitonas evita mesmo a barriga indesejada, dizem os cientista de diversas universidades européias.


Em uma matéria para a revista Saúde, eles observaram que o bom hábito de consumir o azeite de oliva extravirgem diminuiu os depósitos de banha no abdômen. Diga-se: o ideal seria que você consumisse duas colheres de sopa por dia do ingrediente para obter seus benefícios.


No fundo, o mérito é todo da gordura monoinsaturada, que predomina no azeite. Se ela já era festejada por varrer o colesterol ruim das artérias, agora os médicos têm ainda mais motivo para cobri-la de elogios. Isso porque estão empenhados em acabar com as b
arrigas avantajadase não tem nada a ver com questões de beleza. A gordura visceral (que fica na parte interna do abdômen), justamente aquela da cintura, produz substâncias que dificultam a ação da insulina, o hormônio produzido pelo pâncreas que ajuda a glicose a entrar nas células.


O diabete, ao lado da pressão alta, do colesterol, dos triglicérides alterados e, de novo, da tal barriga, é o componente básico de um mal que mata: a síndrome metabólica. O azeite
, no entanto, ajuda a quebrar esse círculo mortal.


Muito antes de se estabelecer qualquer relação do azeite com a barriga, antes até mesmo de se ter certeza de que barriga prejudicaria o coração , cientistas já observavam que os maiores consumidores do alimento estavam protegidos de males cardíacos. Os povos do Mediterrâneo, que historicamente regam seus pratos com esse óleo, parecem mais distantes da ameaça de infarto
. Claro, é preciso considerar que também se esbaldam em verduras, frutas e peixes, outros guardiões dos vasos.


Nenhum desses alimentos, entretanto, compete com o azeite na preferência de gregos, italianos e espanhóis. Muitos deles têm o hábito de tomar uma colher do óleo
em jejum. Eu mesma gostaria de aderir a este hábito, (acreditem, meu pai já perdeu vários centímetros de cintura e seu diabete tipo 2 está extremamente controlado).


Uma vantagem da chamada dieta do Mediterrâneo é que a gordura monoinsaturada vinda da oliva
ocupa o espaço das temidas trans, presentes nas margarinas, e das saturadas, que estão nas carnes vermelhas. Diferentemente da mono, que faz as taxas do mau colesterol despencarem, a dupla tem relação com a subida do LDL, o colesterol ruim.


Por isso, meus queridos leitores, o azeite de oliva deve estar cada vez mais presente em nossa alimentação. A gordura monoinsaturada (encontrada com abundância neste poderoso remédio) é nossa melhor aliada para uma vida saudável, um coração protegido, uma pele reluzente e uma barriguinha de dar inveja!



IMPORTANTE: Utilizar sempre o Azeite Extra Virgem, quando a acidez não passa de 0,8% — esse teor somente é obtido através da primeira prensagem a frio a menos de 24 horas após a colheita.

DICA: O azeite deve ser guardado na parte de baixo da geladeira, pois a temperatura elevada altera suas propriedades. E nunca leve o azeite ao fogo. Ele deve ser adicionado às preparações depois de prontas. Somente assim teremos um prato saboroso e muito saudável.

terça-feira, 26 de maio de 2009

Frescura ou bom senso?




Sem dúvida, bom senso! Existem algumas regras gerais que devemos cumprir e que a sensatez natural de cada um certamente recomenda. Ser elegante à mesa é muito importante! Por isso postei aqui as 12 regrinhas básicas de boas maneiras... (E meus comentários entre parênteses! rs)

Confiram!

1 - Devemos comer sempre de boca fechada, sem ruído e sem nunca a encher por completo. (Ainda existe gente que mastiga de boca aberta.)

2 - Nunca se parte o pão com a faca e menos ainda com os dentes. O pão que vem para a mesa ou já está partido ou vem inteiro, em qualquer dos casos parta um pouco do pão com os dedos em cima do prato respectivo – caso este exista – e leve-o à boca pedaço a pedaço. (Nada de ficar espalhando migalhas depois juntar com as mãos, rs...)

3 - Os cotovelos nunca devem pousar na mesa, claro que também não deve de ter uma postura tipo estátua como se estivesse em pânico. Coloque os pulsos, talvez.

4 - Ao aceitar ser servido de algo, nada deve dizer, no entanto se não desejar ser servido deve agradecer pela negativa “Não, muito obrigado (a)”.

5 - Não deve emitir opiniões sobre o que está a comer, especialmente pela negativa; se não gosta pode sempre deixar no prato. (Báaasico!)

6. - Nunca deve apanhar um talher ou um guardanapo que tenha caído ao chão.

7 - Não é obrigatório deixar restos no prato. (Isso nem precisa me pedir!)

8 - Não se deve molhar o pão nos molhos, no café, ou em qualquer liquido. (Aaahhhhh... que pena...rs)

9 - Quando terminar de comer, nunca empurre o prato, e muito menos deve entregá-lo ao empregado de mesa.

10 - Nunca encha demasiado o seu prato, pode sempre servir-se mais que uma vez, caso tenha vontade de repetir. (Ah bom!)

11 - Nunca deve retirar a comida da travessa com o seu próprio talher. (Pelo amor, heim? Que nojo!)

12 - Sempre que pretender beber, deve limpar os lábios para não deixar a marca destes na borda do copo. (Nada pior do que um copo babado...)

segunda-feira, 25 de maio de 2009

Qual a receita para um amor perfeito?


Quando o assunto é receita boa, os cookers estão sempre por dentro. Pois eu estou aqui, meus queridos, para contar a vocês que a moda na internet são as receitas das tortas da comédia romântica de Adrienne Shelly, "Garçonete". Os sites e blogs dos aficcionados por culinária estão recheados com as dicas gastronômicas de Jenna, personagem de Kery Russel, e o Pé na Cozinha não poderia ficar pra trás.
Na trama, Jenna sofre com a idéia de ter um filho do marido que ela não ama. Além das receitas saborosas, as tortas de Jenna são divertidas. A garçonete abusa do senso de humor na hora de batizar suas criações: "Não quero ter um filho de Earl", "Não posso ter uma relação porque é errado" ou "Miserável fracassada grávida que se autocompadece" são alguns dos nomes curiosos que Jenna usa. Garçonete é ideal para os chefs ou aspirantes a chef que não dispensam um bom filme.
As receitas feitas por Jenna não são exibidas no filme Garçonete. Mas, com base nos ingredientes principais e na apresentação das delícias, a doceira gaúcha Laura Estima, desafiada pela revista Paladar, criou receitas muito semelhantes às do filme.

Espero que gostem! Aprovadíssimas!

I can't have no affair because it's wrong pie
(Torta: Não posso ter um caso, pois é errado)


Ingredientes:

Massa:
1 ½ xícara de trigo
½ xícara de amido de milho
6 colheres (sopa) de açúcar
5 colheres de margarina
4 gemas

Recheio:
2 xícaras de leite
1 xícara de açúcar
6 gemas
3 colheres de amido de milho
1 colher (chá) de essência de baunilha
6 bananas nanicas
Canela e açúcar a gosto

Preparo:

Massa: Misture todos os ingredientes com a ponta dos dedos. Quando a massa estiver homogênea enrole em filme plástico e deixe descansar na geladeira por 30 minutos.

Recheio: Misture o leite e o açúcar. Combine as gemas e o amido de milho e passe pela peneira. Junte todos os ingredientes e leve ao fogo baixo até engrossar. Retire do fogo e adicione uma colher de chá de essência de baunilha.

Montagem: Pre-aqueça o forno em temperatura média. Abra a massa numa fôrma (24 cm) e leve ao forno por, aproximadamente, 25 minutos. Acrescente o creme de baunilha. Corte as bananas em duas partes (na longitudinal), arrume-as sobre o creme. Polvilhe o açúcar e a canela. Leve ao forno a 150°C por mais ou menos 15 minutos.




I don't want Earl's baby pie
(Torta: Não quero o bebê de Earl)

Ingredientes:

Massa:
2 xícaras de farinha de trigo
3 gemas
6 colheres de margarina
1 pitada de sal

Recheio:
500 ml de leite
200 ml de creme de leite
4 ovos
Sal, pimenta do reino e noz moscada a gosto
150g de queijo Brie
150g de presunto defumado

Preparo:

Massa: Combine os ingredientes e amasse com a ponta dos dedos. Enrole a massa em filme plástico e deixe-a descansar na geladeira por 30 minutos.

Recheio: Abra a massa numa forma de 24 cm. Coloque as fatias de queijo e o presunto em cubos. Junte todos os ingredientes do creme, passe pela peneira e despeje sobre a massa. Leve ao forno por aproximadamente 30 minutos.


Earl is going to kill me because I'm having an affair pie
(Torta: Earl vai me matar porque estou tendo um caso)


Ingredientes:

Massa:
1 ½ xícara de trigo
½ xícara de amido de milho
6 colheres (sopa) de açúcar
5 colheres de margarina
4 gemas

Recheio:
200 g de chocolate meio amargo
200 ml de creme de leite
300 g de framboesa
300 g de amora
½ xícara de açúcar cristal

Preparo:

Massa: Misture todos os ingredientes com a ponta dos dedos. Quando a massa estiver homogênea enrole em filme plástico e deixe descansar na geladeira por 30 minutos.

Recheio: Derreta o chocolate em banho maria ou no microondas. Acrescente o creme de leite e mexa bem. Despeje a mistura na massa, acrescente as frutas vermelhas e polvilhe o açúcar. Com pedaços da massa, faça tiras formando um xadrez e leve ao forno por, aproximadamente, 40 minutos.

terça-feira, 12 de maio de 2009

Culinária para todos!


Desde fevereiro deste ano, a cidade de São Paulo conta com uma nova escola de cozinha. Equipado com a mais alta tecnologia e utensílios gastronômicos de última geração, o CEG – Centro Especializado em Gastronomia, pretende ensinar a alta culinária de forma dinâmica e inovadora, tanto para profissionais que buscam especialização até para quem não tem a menor idéia de como manusear uma panela.
Idealizado pelos empresários e também chefes de cozinha Áurea Teodoro e Edmur Bastoni, a coordenação do CEG leva a assinatura do renomado chef de cozinha Michel Khodair, diplomado em gastronomia pelo SENAC e com cursos pela Le Cordon Bleu de Paris e Londres, com passagem pelas cozinhas de conceituados hotéis como Hilton, Wyatt e Unique Garden. Preciso falar mais alguma coisa?
As instalações da escola são belíssimas, super modernas e lembram os centros gastronômicos Europeus! Além disso, a variedade de cursos é tanta, que fica difícil escolher apenas um deles. No programa: confeitaria básica, panificação, clássicos do sul da França, finger food & mise en bouche, pizzas, cozinha italiana, sushi e sashimi, massas e risottos, sabores do mediterrâneo entre outros, todos ministrados por docentes altamente qualificados.

Destaque:

Confeitaria Básica – Noite




HORÁRIO: 19h às 22h30
CARGA HORÁRIA: 33h
INÍCIO: 06/07/2009 TÉRMINO: 17/07/2009
DIAS: segunda à sexta DURAÇÃO: 10 dias

FORMA PGTO:4 x de 292,50 - VALOR: R$ 1.170,00

Pré-requisitos: Não é necessária nenhuma experiência em cozinha.
Objetivo: Ensinar as preparações clássicas e suas bases para desenvolver harmonia e perfeição, ingredientes básicos da confeitaria. Didática: Professores do mais alto nível de informação técnica e prática e cozinhas equipadas com o que há de mais moderno. Além de todo material necessário para as aulas, também será disponibilizada apostila com receitas detalhadas. O aluno compreenderá as elaborações e necessidades para a criação de uma sobremesa luxuosa e requintada.

CONTEÚDO DO CURSO

• Higiene na cozinha
• Equipamentos de confeitaria: manipulação e conservação.
• Vocabulário e nomenclaturas da pâtisserie
• Mise en place
• Conservação dos alimentos
• Massas
• Cremes e mousses
• Caldas e coulis
• Tortas
• Bolos
• Bavaroises
• Pudins
• Cookies e muffins
• Sobremesa com frutas
• Suflês
• Chocolates


CEG - Centro Especializado em Gastronomia
Avenida dos Eucaliptos, 618 - Moema
São Paulo - SP CEP: 04517-050
Fone: (11) 5096-2007

segunda-feira, 11 de maio de 2009

Café tres tres chic


Sucesso desde que foi inaugurada no Brasil, em dezembro de 2006, a Nespresso inaugurou neste outono uma nova boutique no Shopping Iguatemi. As desejadas máquinas de café e as cápsulas com blends exclusivo estão à venda no espaço, e custam entre R$1.200,00 a R$5.000,00. A loja também possui vários acessórios gourmet, entre eles xícaras, colheres de prata, bandejas sofisticadas e outros mimos. Vale a pena visitar para fazer um deliciosa degustação de espresso, macaron e prosecco! Além disso, você vai ficar por dentro do que é servido hoje em dia nas casas dos mais mais.

Comentários a parte, os destaques são as máquinas CitiZ, inspiradas em grandes metrópoles.


domingo, 10 de maio de 2009

Bolo das Abelhinhas (by Nigella)

Esta receita de bolo que vi no programa “A Cozinha de Nigella” é a perfeição! Não poderia deixar de postar aqui no blog, jamais! Tudo bem, concordo, é meio chatinho pra moldar as abelhinhas que vão por cima. Mas, quem não quiser não precisa fazer. Já a calda é essencial, e serve também como cobertura de sorvete, ou por cima de um bolo de cenoura, por exemplo.
No programa, Nigella chamou as crianças (seus filhos) para ajudarem na confecção do bolo e para fazer as abelhinhas. Elas, claro, adoraram e se divertiram muito! Preparei o bolo e minha casa inteira ficou cheirando chocolate e mel! O bolo ficou molhadinho e super saboroso, digno de qualquer confeitaria sofisticada. E a dieta ficou pra segunda-feira, como sempre...



Bolo das Abelhinhas

Ingredientes da massa:

100g de chocolate meio amargo picado
275g de açúcar mascavo
225g de manteiga em temperatura ambiente
125ml de mel
2 ovos
200g de farinha peneirada
1 colher (chá) de bicarbonato de sódio
1 colher (sopa) de cacau em pó
250ml de água fervente

Ingredientes da calda de chocolate e mel:

60ml de água
125ml de mel
175g de chocolate meio amargo
75g de açúcar de confeiteiro

Para as abelhas:


25g de marzipan* amarelo (ou pasta americana amarela) – Se preferir, comprar pronto.
12 lâminas (lascas) de amêndoas

*Marzipan:

250g de amêndoas sem pele e moídas
200g de açúcar de confeiteiro
1 clara de ovo
1 colher (sopa) de essência de amêndoa

Juntar todos os ingredientes e amassar com as mãos, até que vire uma massa consistente.


Modo de preparo da massa:

Untar e polvilhar uma assadeira redonda de fundo removível. Reservar.
Bater no processador (ou na batedeira) todos os ingredientes da massa, colocando por último a água fervente. Levar ao forno a 180°C por aproximadamente 1h30, sendo que depois de 1 hora de forno, deve-se colocar papel alumínio por cima.

Modo de preparo da cobertura (calda):

Colocar em uma panela a água e o mel. Quando ferver, juntar o chocolate picado e girar a panela para que os ingredientes se misturem, sem usar nenhuma colher. Acrescentar o açúcar de confeiteiro peneirado e mexer.

As abelhinhas:

Modele o corpo das abelhinhas com a massinha de marzipan ou com a pasta americana. Molhe um palito na calda e faça as listras das abelhas. As asinhas são as lascas de amêndoas, encaixe duas em cada abelha.


Desenforme o bolo, cubra com a calda e coloque as abelhas por cima. Nigella recomenda que você chame as crianças para ajudar, elas vão adorar!

quinta-feira, 7 de maio de 2009

"A" de Abóbora


A abóbora, além de ter servido de carruagem para Cinderella, é uma hortaliça originária da América Central possuidora de propriedades altamente nutritivas. Sua coloração atrativa é conferida pelos carotenóides, que no organismo são transformados em vitamina A. Esta importante vitamina combate os radicais livres, que alteram os códigos genéticos e podem causar câncer.
Segundo a nutricionista Giovana Guerra, especialista em Nutrição e Saúde - na área de Saúde Pública, pela Universidade Federal de Viçosa desde 2007, a abóbora possui grandes quantidades de vitaminas antioxidantes, como vitamina C, E e as do Complexo B , além do citado betacaroteno (provitamina A - encontrado também na cenoura em abundância). As fibras encontradas nela também são importantíssimas para o bom funcionamento do organismo e pela manutenção de uma pele belíssima! Sem contar os minerais essenciais: Cálcio, Ferro, Fósforo e Potássio, que mantém a saúde em dia.
Eu, particularmente, adoro abóbora! A cor linda que ela dá aos pratos e a possibilidade de fazer receitas doces ou salgadas são o que me encantam!
Por isso escrevi aqui no blog a receita de um dos meus cremes de inverno favoritos – lembrando que o friozinho está chegando, e ninguém precisa ficar comendo besteiras o dia todo. Uma opção saudável e pra lá de saborosa é a melhor escolha!
Espero que gostem!




Creme de Abóbora

Ingredientes:
1 kg de abóbora japonesa sem casca e sem semente, em cubos
3 envelopes de caldo de galinha (ou cubos)
1 1/2 litro de água
1/2 xícara de creme de leite
Preparo:
Em uma panela de pressão, coloque a abóbora, os caldos de galinha e a água. Espere ferver e tampe a panela para que ela crie pressão. Deixe a mistura na pressão por mais ou menos 10 minutos. Retire do fogo e espere que fique morno. Transfira para o copo do liquidificador e bata até obter uma mistura homogênea. Volte à panela, adicione o creme de leite e cozinhe em fogo alto por 2 minutos, ou até aquecer. Servir em taças para sopa, dentro de mini abóboras ou no pão italiano.

Sugestão: Salpicar por cima croutons e salsinha bem picada. Se quiser, substitua o creme de leite por requeijão. E se você preferir um creme mais consistente, retire um pouco da água do cozimento antes de bater no liquidificador.

domingo, 3 de maio de 2009

Brownie, sorvete e calda quente


Quer coisa melhor? Só o título é uma verdadeita tentação para os chocólatras de plantão. Achei essa receita no livro "Um chef sem segredos", de Luiz Cintra, testei e já serví em um jantar para amigos. Aprovadíssima! Mais gostoso que o Brownie do Restaurante América, pode acreditar. E é melhor servir o bolo quentinho, uma bola de sorvete de creme por cima e calda por todos os lados... Em um prato fundo, claro!

Receita de Brownie
Chef Luiz Cintra

Ingredientes:
250 g de manteiga
300 g de chocolate meio amargo e 100 g de chocolate branco picado
2 xícaras de açúcar
5 ovos
150 g de farinha de trigo
2 colheres (sopa) de cacau em pó
1 colher de chá de essência de baunilha
1/4 de xícara de nozes trituradas
1/2 colher (chá) de fermento em pó

Modo de Preparo:
1. Unte e enfarinhe uma assadeira de 20x 30 cm. Reserve.
2. Pré-aqueça o forno em temperatura média, a cerca de 180°. Pique o chocolate meio amargo, separe 50 g (que você vai acrescentar antes de colocar a massa na assadeira juntamente com o chocolate branco) e coloque o restante em uma tigela. Junte a manteiga e leve para derreter em banho-maria.
3. Bata levemente os ovos, adicione o açúcar e reserve.
4. Peneire a farinha de trigo e o cacau em pó, reserve.
5. Assim que o chocolate e a manteiga estiverem bem derretidos, retire do banho-maria e junte a mistura de ovos, a essência de baunilha e misture novamente.
6. Acrescente a farinha com o cacau e misture levemente
7. Coloque o fermento, as nozes, o chocolate meio amargo reservado, o chocolate branco e misture novamente.
8. Coloque na assadeira e leve ao forno médio por aproximadamente 25 minutos.

(o centro do brownie deve ficar macio, não totalmente cozido)

Retire, corte em quadrados e sirva em pratos fundos com sorvete de creme e o Hot Fudge (calda).





Hot Fudge
Calda quente de chocolate


Ingredientes:
60g de chocolate meio amargo
1 colher (sopa) de manteiga
1/3 xícara de água fervente
1 colher (sopa) de cacau em pó
1/4 xícara de açúcar
2 colheres de sopa de glucose de milho
1 colher (chá) de essência de baunilha

Modo de Preparo:

1. Coloque em uma panela pequena o chocolate bem picado, a glucose, a manteiga e leve ao banho-maria para derreter os ingredientes.
2. Retire a panela do fogo e despeje a água fervente sobre a mistura. Incorpore bem os ingredientes e acrescente o açúcar peneirado com o cacau em pó.
3. Misture novamente e retorne a panela ao fogo. Deixe ferver, tampe e aguarde 3 ou 4 minutos. (quanto mais ferver mais grossa vai ficar)
4. Retire do fogo acrescente a essência de baunilha, deixe esfriar e guarde em vidros na geladeira. Quando quiser usar, basta aquecer no microondas.

terça-feira, 28 de abril de 2009

Guacamole & Cia

Quando uma amiga me falou sobre a tal entrada mexicana de nome esquisito, há uns 5 anos, eu nunca pensei que algum dia poderia gostar de fruta temperada com sal. “Carol, é delicioso, você vai se surpreender! Em todos os lugares do mundo as pessoas comem abacate na salada”, disse Juliana encantada depois de visitar o restaurante El Kabong, típico mexicano. Entre enchiladas, quesadillas e alguns burritos, foi a Guacamole que mais chamou a atenção da Ju. E eu, claro, a mais curiosa de todas, resolvi pesquisar a receita da salsa a la mexicana aqui na internet. Sem explicação! Fiquei boquiaberta e realmente me surpreendi com o sabor deste patê. Fiz pequenas adaptações ao longo dos anos para melhorar a receita ao meu gosto, e até então, é só elogios.



Minha receita de Guacamole

Ingredientes:

2 abacates pequenos (avocado)
1/2 dente de alho amassado (opcional)
2 tomates maduros (sem pele) picados
Salsinha picada (a gosto)
Cebolinha picada (a gosto)
Algumas gotinhas de molho de pimenta
5 a 7 colheres (sopa) de suco de limão
Azeite extravirgem a gosto
Sal a gosto

Modo de Preparo:

Amasse os abacates com um garfo. Junte o alho, os tomates, a salsinha e a cebolinha.
Misture com uma colher e tempere com o sal, a pimenta, o limão e o azeite.

Eu, Carol, gosto de comer Guacamole com torradas finas, ou até mesmo pão sírio cortado em formato de triângulos e levemente torrados ao forno. Tem gente que prefere o bom e velho Doritos sabor nachos para acompanhar a iguaria. Enfim, vai do gosto de cada um. O azeite extravirgem dá um sabor todo especial, e fica delicioso quando usamos limão siciliano para temperar.


Para quem deseja conhecer um pouquinho mais sobre a culinária mexicana, uma boa dica é o restaurante El Kabong. De ambientes descontraídos e público de todas as idades, ele supera as expectativas dos clientes no quesito sabor.

Restaurante El Kabong
R. Mateus Grou, 15 - Pinheiros - São Paulo – SP
Tel: (11) 3064-9354
Horário de funcionamento: De domingo a quinta das 18h à 1h.
Sexta e sábado das 18h às 2h.

Site: http://www.elkabong.com.br/

Os melhores restaurantes do mundo


Acaba de ser divulgada em Londres a lista dos 50 maiores restaurantes do mundo. D.O.M., de Alex Atala, subiu 16 posições neste ano e agora é o 24° melhor, brasileiro com muito orgulho. O espanhol El Bulli, do chef Ferrán Adriá, continua como o primeiro da lista.

Veja só a lista completa:

1º El Bulli, Espanha
2º Fat Duck, Inglaterra
3º Noma, Dinamarca
4º Mugaritz, Espanha
5º El Celler de Can Roca, Espanha
6º Per Se, Estados Unidos
7º Bras, França
8º Arzak, Espanha
9º Pierre Gagnaire, França
10º Alinea, Estados Unidos
11º L´Astrance, França
12º The French Laundry, Estados Unidos
13º Osteria Francescana, Itália
14º St John, Inglaterra
15º Le Bernardin, Estados Unidos
16º Restaurant de l´Hôtel de Ville, Suíça
17º Tetsuya, Australia
18º L´Atelier de Joël Robuchon, França
19º Jean Georges, Estados Unidos
20º Les Créations de Narisawa, Japão
21º Chez Dominique, Finlândia
22º Ristorante Cracco, Itália
23º Die Schwarzwaldstube, Alemanha
24º D.O.M., Brasil
25º Vendôme, Alemanha
26º Hof van Cleve, Bélgica
27º Masa, Estados Unidos
28º Gambero Rosso, Itália
29º Oud Sluis, Holanda
30º Steirereck, Austria
31º Momofuku Ssäm Bar, Estados Unidos
32º Oaxen Skärgardskrog, Suécia
33º Martin Berasategui, Espanha
34º Nobu, Inglaterra
35º Mirazur, França
36º Hakkasan, Inglaterra
37º Le Quartier Français, África do Sul
38º La Colombe, África do Sul
39º Asador Etxebarri, Espanha
40º Le Chateaubriand, França
41º Daniel, Estados Unidos
42º Combal Zero, Itália
43º Le Louis XV, França
44º Tantris, Alemanha
45º Iggy´s, Singapura
46º Quay, Australia
47º Les Ambassadeurs, França
48º Dal Pescatore, Itália
49º Le Calandre, Itália
50º Mathias Dahlgren, Suécia

segunda-feira, 27 de abril de 2009

Cappuccino Cupcakes

Duas paixões: cappuccino e cupcake! Esse bolinho é perfeito para uma tarde de chuva, em casa, tomando chocolate quente e assistindo um filminho estilo Sessão da Tarde. Achei essa receita no livro da Nigella, um dos que eu indiquei em postagens anteriores. Espero que gostem!




CAPPUCCINO CUPCAKES
(Receita adaptada do Livro How to be a Domestic Goddess, by Nigella)

Ingredientes:

(bolinhos)

1/2 xíc. de manteiga em temperatura ambiente
7 colh. (sopa) de açúcar orgânico claro
2 ovos grandes
1 colh. (chá) de essência de baunilha
1 colh. (sopa) de Nescafé
3/4 xíc. de farinha de trigo
2 colh. (chá) de fermento químico em pó
1 pitada de bicarbonato de sódio
3 colh. (sopa) de leite integral

(cobertura)

150g de chocolate branco
1/4 de xíc. de manteiga
1/2 xíc. de sour cream (coalhada, ou creme de leite com umas gotinhas de limão)
1 2/3 xíc. de açúcar de confeiteiro peneirado
cacau em pó


Preparo:

Pré-aqueça o forno a 200ºC. Forre a forma de muffins com forminhas de papel.
Bata a manteiga e o açúcar na batedeira até ficar cremoso. Junte os ovos um a um, batendo bem após cada adição. Junte a baunilha e o Nescafé.
Em uma tigela, peneire a farinha, o fermento e o bicarbonato. Junte à mistura da batedeira, misturando bem com uma espátula. Acrescente o leite para afinar a consistência.
Preencha as forminhas igualmente. Parecerá pouca massa, mas eles crescem bem. Asse por 20 minutos, ou até que um palito saia limpo quando inserido em um deles. Retire da forma e deixe que esfriem completamente.
Para a cobertura, derreta o chocolate e a manteiga em banho-maria. Deixe esfriar um pouco e junte o sour cream (ou creme de leite). Misture até que fique homogêneo. Acrescente o açúcar aos poucos, misturando bem até ficar mais consistente. A cobertura será bastante mole, mas ela endurece bem e rápido. Cubra generosamente os bolinhos e peneire cacau em pó por cima.

O tradicional Risotto!

O Risotto é um dos meus pratos prediletos, para fazer e para comer. Shimeji, beterraba, abóbora, frango, abobrinha, tomate seco... Enfim, existe uma enorme variedade de ingredientes que podemos colocar nesta tradicional receita, e todos acompanham muito bem! Os elogios também são inevitáveis, queridos leitores. Apesar de ser sofisticado, o Risotto é super fácil de preparar, mas entre nós, isso ninguém precisa saber. Se você quer impressionar alguém com seus dons culinários, prepare um Milanese!


Um pouco da história...
O risotto é um prato típico italiano, e no seu processo de elaboração frita-se levemente as cebolas e o arborio, ou o arroz em manteiga, e gradualmente acrescenta-se caldo de carne e outros ingredientes. Risotto, que significa literalmente pequeno arroz, é um prato típico da região do Norte da Itália, mais especificamente provém da Lombardia. Ele data do século XI quando o sul da Itália era dominado pelos Sarracenos e estes trouxeram o grão usado para a preparação do prato.
A receita original do arroz surge em 1574. Naquele tempo, havia muito trabalho na construção de uma Catedral Duomo di Milano, e entre os trabalhadores estavam carpinteiros, arquitetos e pintores provenientes de toda a Europa. Em uma pequena fazenda poliglota havia uma comunidade Belga: Valerio de Fianders, mestre na fabricação de vidros, tinha que fabricar algumas janelas para a Catedral e isso lhe trouxe muitos estudantes. Um em particular se destacava dos outros devido a sua habilidade de misturar cores. Seu segredo era misturar um pouco de açafrão quando o vidro estivesse pronto. Seu mestre sabia da paixão de seu mais próspero aluno por açafrão, mas fingia que não sabia de nada e se limitava a dizer a seu aluno, irritando-o, que se ele continuasse com isso iria acabar colocando açafrão no risoto. O aluno então decide aplicar um truque em seu mestre. A filha de Valério, o mestre, iria se casar e o aluno subornou o cozinheiro para esse colocar no risoto um pouco de açafrão. Imagine a surpresa dos convidados quando viram aquele arroz amarelo. Um teve coragem de experimentar, depois outro e mais outro e todos adoraram surgindo assim o risotto alla milanese.


Receita de Risotto alla Milanese
Chef Fernando Villas Boas

Ingredientes:
400g de arroz arbóreo ou cannarole (especial para risotto)
1 cebola
50g de manteiga
100ml de vinho branco
1 litro de caldo de carne (ou de galinha)
1 pitada de açafrão
5 colheres (sopa) de parmesão ralado

Modo de Preparo:
Descasque e pique a cebola. Esquente 40g da manteiga numa panela e refogue a cebola por aproximadamente 8 minutos, sem deixar dourar.
Despeje o arroz devagar e refogue-o até que fique transparente. Junte o vinho branco e mexa até evaporar.
Despeje aos poucos o caldo, mexendo de vez em quando. Adicione mais caldo à medida que este for sendo absorvido, até que o arroz esteja cozido. Deve ficar úmido e cremoso, porém al dente. Calcule de 20 a 25 minutos.
Incorpore o açafrão no fim do cozimento. Desligue o fogo, acrescente 1 colher de manteiga e adicione o parmesão. Mexa e sirva imediatamente.

Rendimento: 6 porções

PREPARO: 5 MINUTOS
COZIMENTO: 30 MINUTOS
Obs: Acompanha carne vermelha, frango ou peixe.

sexta-feira, 24 de abril de 2009

Livros que não podem faltar na cozinha...



NIGELLA EXPRESS
RECEITAS RÁPIDAS E SABOROSAS




A chef britânica Nigella Lawson, conhecida por suas receitas caseiras, traz neste livro uma grande variedade de ótimas receitas. E o principal: sem que o leitor perca muito tempo na cozinha. Ela radicaliza o conceito de simplicidade e ensina receitas que podem ser preparadas em até meia hora. Este livro é ideal para quem não tem muito tempo de ficar na cozinha, mas quer fazer pratos saborosos e diferentes.






JAMIE OLIVER
COZINHA NA ITÁLIA

A Itália tem inspirado Jamie Oliver ao longo da sua carreira. Este livro é o resultado da viagem que fez por esse país em busca da verdadeira essência da cozinha italiana. Numa linguagem coloquial e divertida, Jamie Oliver apresenta mais de 120 novas receitas de todo o gênero de pratos, desde risotto até espaguete e saladas – receitas de dar água na boca.









SEGREDOS DE GORDON RAMSAY



Gordon Ramsay, conhecido no Brasil pela série Hell´s Kitchen, exibida pelo canal pago GNT, é um dos mais bem-sucedidos chefs britânicos. Comanda restaurantes em Londres, Nova Iorque, Dubai e Tóquio, além de colecionar uma série de prêmios. Em seu livro, o leitor tem o privilégio de conhecer as receitas deste premiado chef. Os capítulos estão divididos de acordo com os tipos de alimentos. Cada receita selecionada ilustra uma habilidade particular (como reduzir pela metade o tempo do preparo do risoto, por exemplo), realça o aproveitamento de um ingrediente ou de uma técnica especial.





COZINHANDO PARA AMIGOS


Se há um ingrediente que não falta nesse livro de Heloisa Bacellar, uma das donas do Atelier Gourmand, é emoção. Como diz a própria Helô: "A minha vida é cozinhar. Quando estou triste eu faço um bolo e, quanto estou feliz, eu faço vários". Heloísa abre as portas de sua casa e compartilha generosamente suas experiências na cozinha e na arte de receber os amigos. São mais de 300 receitas dividas em 40 cardápios temáticos para os dias quentes, dias frios, ocasiões especiais e para quando o tempo é curto.



terça-feira, 21 de abril de 2009

Cupcake no Palito

Uma dica maravilhosa que o Pé na Cozinha não poderia deixar de dar: Mini Cupcake no Palito!

São lindos e deliciosos! Super diferentes para servir em festinhas ou substituir as sobremesas nos jantares informais. As crianças são as que mais curtem os docinhos no palito, e se divertem também no preparo da guloseima.

Os Cupcakes são tradicionais nos Estados Unidos e na Inglaterra, e nada mais são do que muffins deliciosamente decorados com merengue, buttercream, pasta americana ou chantilly. Essa versão no palito é prática e rápida para fazer, além de ser um charme!

Mini Cupcake no Palito



INGREDIENTES:

1 massa de bolo pronto sabor chocolate (o famoso bolo de caixinha)
- Fazer o bolo de acordo com as intruções na caixa
1/2 pote de nutella
1/2 caixinha de creme de leite
300g de chocolate branco
300g de chocolate ao leite
Corante em gel para chocolate na cor escolhida (o da foto é cor de rosa)
Confeitos coloridos
Palitos de churrasco


MODO DE PREPARO:

Depois de preparar o bolo de chocolate de caixinha (ou qualquer outra receita de bolo de chocolate), aguarde esfriar e triture ele com as mãos. Junte o nutella e o creme de leite e misture bem, até virar uma massinha firme.

Faça bolinhas com as mãos, e tente transformar as bolinhas em formato semelhante ao de um cupcake. Leve as bolinhas ao freezer por alguns minutos.

Enquanto isso, derreta o chocolate ao leite em banho maria. Quando as bolinhas estiverem geladinhas, molhe até a metade no chocolate derretido e espete o palitinho na parte que molhou no chocolate. Deixe agora no freezer por 1 hora.

Derreta o chocolate branco em banho maria e acrescente corante em gel próprio para chocolate na cor de sua preferência. Afunde a outra metade do bolinho (já no palito) no chocolate branco. O chocolate secará no mesmo minuto. Antes disso, enfeite a parte mergulhada no chocolate colorido com os confeitos, usando sua criatividade.

Se quiser, embrulhe com um saquinho transparente e amarre com fitinhas. Vira uma linda lembrancinha de aniversário!


Rendimento: aproximadamente 37 mini-cupcakes.

segunda-feira, 20 de abril de 2009

Mais um doce encanto...


Não pude deixar de notar essa tortinha de aparência irresistível enquanto passeava meus olhos famintos pela Vejinha. A mini cheesecake é uma entre muitas outras delícias do Atelier Jean et Marie, aberto há pouco mais de um mês na Vila Olímpia. "Parece ter saído de um conto de fadas", diz Helena Galante para a revista Veja. A casa tem um ambiente sóbrio e requintado, e de lá sobressaem doces de aparência e sabor encantadores. O casal de proprietários, Patricia e Michael Brock – que já trabalhou com o pâtissier francês François Payard, em Nova York –, desenvolve as receitas. Mousse de limão, chocolate amargo, tiramisu, bomba, entre outros... As doces iguarias provocam os sentidos dos chocólatras e amantes da culinária francesa.
Inconvenientes: não possui mesas para os clientes, portanto quem comprar lá tem que comer em casa; o preço também é salgadinho, prepare seu bolso.


Jean et Marie Atelier de Doces

Rua Professor José Benedito de Camargo, 74 - Vila Olímpia
Fone: 3044-1197
10h/19h (fecha dom. e seg.)
Fecha na terça (21/04)

sexta-feira, 17 de abril de 2009

A Cozinha de Nigella

A Cozinha de Nigella, programa de culinária que faz o maior sucesso na GNT, é um dos meus programas favoritos! Além de simpática e talentosa, Nigella, também conhecida como a queridinha da cozinha britânica, traz sempre uma delícia tradicional ou exótica para prepararmos com praticidade. Suas especialidades vão desde cookies, bolos de chocolate ou cheesecakes até ensopados de codornas e requintadas carnes aromáticas.
A maneira que ela prepara as gostosuras exala paixão pela culinária. Ela fala dos ingredientes como se fossem as coisas mais importantes do mundo. Isso me encanta!
Por isso, separei uma receita super fácil e deliciosa de Cheesecake (uma entre muitas outras que há no site). Preparem-se, pois receitas do site de Nigella serão freqüentemente publicadas no Pé na Cozinha.


RED FRUITS CHEESECAKE (By Nigella)
Torta de Queijo e Frutas vermelhas



Ingredientes:
125g de biscoito de maisena
75g de manteiga sem sal (temperatura ambiente)
300g de cream cheese
60g de acúcar
1 colher de chá de extrato de baunilha
1/2 colher de chá de suco de limão
250ml de creme de leite fresco
1 pote de geléia de frutas vermelhas
Modo de preparo:
Coloque os biscoitos de maisena no processador até virar uma farofa, então coloque a manteiga e misture até que vire uma massa.
Pressione com os dedos esta mistura em uma fôrma desmontável de 20cm de diâmetro, até que a massa cubra seu fundo.
Bata (na batedeira) o cream cheese, o acúcar, a baunilha e o suco de limão até ficar com uma consistência de mousse.
Bata separadamente o creme de leite fresco até virar chantilly e junte na mistura do cream cheese, delicadamente.
Despeje o creme por cima da base de bolachas e manteiga e alise com uma espátula.
Coloque a torta na geladeira por no mínimo 3 horas (Nigella recomenda deixar a noite toda).
Quando estiver na hora de servir a Cheesecake, desenforme e despeje por cima a geléia de frutas vermelhas.
Serve de 6 a 8 porções.
Nigella's website: http://www.nigella.com/

segunda-feira, 6 de abril de 2009

Ouro do Mediterrâneo

Extraído do miolo de uma flor de pétalas roxas, o açafrão é considerado um dos temperos mais caros do mundo.



O tempero produzido a partir do miolo de uma flor de pétalas roxas de origem européia é muito comum na França, Espanha e Itália, além de Irã e alguns países do Oriente Médio. Entre eles, os espanhóis detêm a primeira colocação na produção de açafrão, com cerca de 10 toneladas anualmente, das quais apenas 25% se destina ao consumo interno.
Levado pelos árabes aos países europeus, o ingrediente é marcante quanto às propriedades anestésicas e antiespasmódicas. Os gregos o utilizavam para combater as insônias e ressacas.
Comum na cozinha espanhola, tem encontro direto com o arroz. Além de propiciar um sabor diferenciado, oferece uma coloração levemente alaranjada aos pratos. Apesar de conhecido mundialmente, é levemente utilizado na culinária devido seu preço, já que é considerado um dos temperos mais caros do mundo. Alguns o comparavam com o ouro. Um quilo de açafrão pode custar até R$ 350,00. Isso porque, para se obter somente um quilo dele, é preciso de 200 mil flores.
O ideal é comprar o filamento do açafrão, pois alguns vendem o mesmo em pó, mas misturam outras especiarias no meio, perdendo o teor gastronômico concentrado que ele possui. Há alguns outros tipos de açafrão que podem ser comprados devido ao valor. É o caso do açafrão-da-terra e do açafrão-da-índia. Ambos podem ser obtidos da curcuma, que é um tubérculo com formato similar ao do gengibre. Depois de seco e moído é muito parecido com o açafrão e utilizado em demasia na culinária indiana.

Não confundir com a cúrcuma, chamada no Brasil de açafrão da terra.





Pratos típicos com açafrão:

No mundo inteiro o tempero é essencial para tornar diversos pratos emblemáticos. Como é o caso da paella, do risoto à milanesa, nas fogazzas e até na sopa de peixe.


QUANTIDADES SUGERIDAS PARA USO EM VÁRIOS PRATOS

Salpique até 1/4 colher (chá), amassado, para uma xícara de arroz cru.
Salpique até 1/2 colher (chá), amassado, para uma galinha de 1 1/2 kg.
Salpique até 1/8 colher (chá), amassado, para 1 kg de vitela.

domingo, 5 de abril de 2009

Lá de Minas...

A comida mineira encanta não só por ser a culinária mais típica do Brasil, mas sobretudo por possuir pratos ricos em sabor e cheios de histórias próprias. A preparação desses pratos, sem a utilização de grandes recursos gastronômicos, exige um espírito criativo, seja na mistura de seus deliciosos ingredientes ou na escolha dos peculiares temperos. Essa culinária é toda baseada em produtos simples, de fundo de quintal mesmo, como por exemplo o porco, a galinha, o quiabo, a couve, o fubá. Enfim, está totalmente ligada á cultura do povo que a iniciou nas mãos das cozinheiras de grandes fazendas espalhadas por nosso país.
Quem não suspira com o cheiro de um pão de queijo que acabou de sair do forno? E aquele feijãozinho imerso em temperos e carnes variadas na panela de barro? Hummm...
Pensando nisso que resolví fazer uma humilde pesquisa sobre nossa maravilhosa e exótica culinária mineira e achei uma receita de Escondidinho super fácil de fazer!

Escondidinho de Aipim



Ingredientes:

500g de carne seca cozida e desfiada
1 cebola pequena picada
Salsinha bem picada a gosto
Azeite
Creme de Aipim (mais ou menos 2 mandiocas cozidas e bem espremidas)
1 copo de requeijão cremoso
50g de mussarela fatiada
Parmesão ralado a gosto


Preparo:

Refogar, com um pouco de azeite, a carne seca já cozida e desfiada junto com a cebola picada e a salsinha. Juntar a carne refogada com o purê de mandioca e metade do requeijão. Colocar em uma fôrma que vá ao forno. Acrescentar por cima as fatias de mussarela e a outra metade do requeijão. Salpicar queijo parmesão ralado a gosto. Levar ao forno por aproximadamente 25 minutos ou até gratinar.

Obs: Pode e deve-se incrementar com azeitonas picadas, tomate, cebolinha, molho de pimenta, etc. Vale a criatividade!

Um Restaurante Mineiro que vale a pena conhecer...

O Velhão
fones: 4485-1964 4485-4195 4485-2084
end.: Estrada de Sta. Inês, 3000 - Mairiporã - SP
De arquitetura incomparável e gostinho de comida caseira. Extremo bom gosto!

sábado, 4 de abril de 2009

Aquela balinha depois do jantar...

Será que tem a ver com culinária? Não sei. Só sei que é um mimo essa balinha que encontrei na Drogaria Iguatemi, no Shopping mais tradicional de São paulo. A Mirror Mints tem o tamanho da caixinha da Tic Tac, porém é muito mais elegante e saborosa. As pequenas canadenses podem ser encontradas nos sabores menta, chocolate com menta e citrus. O melhor delas é que vêm em uma caixinha de metal que é um luxo, e quando você abre tem um espelho por dentro (para dar aquela olhadinha básica no sorriso depois de comer, você sabe).


Mirror Mints pode ser encontrada nas melhores drogarias ou mercados de São Paulo, e custa em média R$13,00.


Vale a pena, só pelo charme!





domingo, 29 de março de 2009

Comece a semana com um Frappuccino!

Este frapê, sucesso absoluto do Fazenda Café, leva sorvete de creme e Nutella, aquele creme de chocolate com avelã.

Ingredientes
50ml de café expresso
3 bolas de sorvete de creme
10ml de leite condensado
3 e 1/2 colheres (chá) de Nutella
Calda de chocolate


Modo de preparo
No liquidificador, bata o sorvete e o café. Decore uma taça com a Nutella e o leite condensado, despeje a mistura. Se quiser, colocar por cima chantilly e salpicar ovomaltine.

É divino!

Receita de Chef Leandro Veracruz


Onde encontrar:

Rua Gaivota 1.295, Moema
Fone: 5561-2677 / 5542-4683
http://www.fazendacafe.com.br

Novidades do Mercadão

O Mercadão é parada obrigatória para quem circula pela região central e se consolidou como área gourmet tanto para quem quer desfrutar o pastel de bacalhau e o sanduíche de mortadela como para quem pretende preparar algum prato especial em casa e precisa de matéria-prima.

Mas, logo quando foi inaugurado, o Mercado Municipal tinha outra proposta: abastecer o comércio com carnes, pescados, frutas e verduras. “O Mercadão se readequou às novas tendências de consumo. Hoje, ele é mais jovem, mais moderno e muito mais voltado para o consumo local”, afirma Carla Fernanda Freitas, vice-presidente da Associação da Renovação do Mercado Municipal Paulistano (Renome). Como exemplo dessa mudança, Fernanda cita as frutas. Antes, relembra, elas eram vendidas principalmente em grandes caixas. Hoje em dia, quem freqüenta o Mercadão pode comprar abacaxi em unidade e já descascado e fatiado, melancia em cubos e até salada de frutas com ou sem leite condensado.“O que temos hoje é o mercado no sentido tradicional, não mais aquele do atacado”, observa Fernanda.

O foco agora é o consumidor final, que exige bom atendimento, come guloseimas e compra queijos, azeite, frutos do mar, carne, temperos e bebidas. Mas quem vista o local de carro sabe que achar uma vaga para estacionar o veículo é um desafio. “Em 2009, nós vamos apostar no serviço e temos alguns projetos para facilitar a vida de quem vai de carro”, adianta Fernanda. A construção de um estacionamento subterrâneo está entre os planos. “Em 2008, nós terminamos de arrumar a casa, o Mercado está pronto por dentro. Agora, falta ficar pronto por fora”.
Onde fica:
Rua da Cantareira, 306 - Parque Dom Pedro II
São Paulo - SP